Relatório privado

Províncias mineiras possuem melhor pontuação do que países da região, de acordo com relatório privado

Províncias de mineração como Salta, San Juan, Santa Cruz, Río Negro, Catamarca, Jujuy e Mendoza são mais valorizadas pelas empresas de mineração do que países da região com forte tradição mineira, como o Chile, o Equador, o Peru e a Bolívia, segundo informado oficialmente.

É o que evidencia uma pesquisa com 2.200 de mineração de todo o mundo, realizada pelo Instituto Fraser do Canadá, na qual respondem pela percepção de 84 jurisdições, entre países, regiões e províncias.

“Segundo o ranking elaborado pelo Instituto Fraser para 2022, há sete províncias mineradoras que estão entre as jurisdições com maior valorização no Índice de Políticas Públicas, acima da média regional para a América Latina”, disse o secretário de Políticas Tributária do Ministério da Economia da Nação, Roberto Arias, em sua conta no Twitter.

Arias destacou que «Salta é a jurisdição mais bem percebida, ocupando o 20º lugar entre 84 jurisdições, acima dos países mineradores da região». No chamado Índice de Atração de Investimentos, San Juan ocupa a 22ª posição, acima do Equador (24), seguido de Salta, em 26º, acima da Colômbia (28), Chile (30) e México (33).

O índice de Percepção de Políticas (PPI) fornece uma avaliação integral da atratividade das políticas de mineração em uma jurisdição e pode servir como um relatório cartão para os governos sobre o quão atraentes são suas políticas do ponto de vista de um gerente de exploração.(telam.com.ar)

Visitas-OnLine -4516

Deja una respuesta

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.