Poderão vender até US$ 5.000

Turistas estrangeiros poderão vender até US$ 5.000 pela taxa de câmbio pararela

Os turistas estrangeiros poderão vender até US$ 5.000 (cinco mil dólares) pelo câmbio paralelo que decorre das operações do mercado financeiro em entidades autorizadas a operar no mercado de câmbio, anunciou o Ministério da Economia da Argentina.

A decisão foi tomada durante reunião do gabinete econômico, chefiada pela ministra Silvina Batakis. Durante o encontro também, «foram decididas ações para melhorar as condições de acesso ao mercado de câmbio para o pagamento de importações de insumos para setores estratégicos e assim garantir a continuidade dos diversos processos produtivos».

A medida que o Banco Central vai implementar permitirá o pagamento de insumos em trânsito, que foram embarcados na origem, até 27 de junho de 2022, e que chegaram ao país com o SIMI (Sistema Integral de Monitoramento de Importações) em vigor até a referida data.

Participaram da reunião do gabinete econômico, além de Batakis, o ministro do Trabalho, Claudio Moroni; a secretária Jurídica e Técnica da Presidência, Vilma Ibarra; o presidente do Banco Central, Miguel Pesce; e a titular da Receita Federal argentina (AFIP), Mercedes Marcó del Pont.(telam.com.ar)

Visitas-OnLine -4620